Notícias do IPMet

Pesquisar notícias:







Mês de fevereiro quente e com pouca chuva na cidade de Bauru
01/03/2022

Fevereiro de 2022 foi um mês com padrão típico da estação do verão, com tardes quentes e com pancadas de chuva, algumas intensas e que provocaram alguns transtornos na cidade de Bauru. Com o acumulado mensal de chuva de 150,4 mm, o mês terminou abaixo da média climatológica (211 mm), chovendo apenas o equivalente a 71% da média esperada para o mês.

A distribuição da chuva foi bastante irregular ao longo do mês, pois praticamente as chuvas se concentraram na primeira quinzena do mês na cidade, onde foram registrados os mais altos volumes. Na segunda quinzena, as chuvas não foram frequentes e houve vários dias sem registro. Os maiores volumes diários registrados na estação meteorológica do IPMET ocorreram nos dias 01 e 02/02, ambos computaram 35,0 mm, no dia 05/02 (29,5 mm), no dia 11/02 (23,9 mm) e no dia 03/02 (12,2mm). Os demais foram abaixo de 10 mm, conforme ilustrado na figura acima.

As chuvas registradas durante o mês de fevereiro/22 foram decorrentes de algumas passagens de frentes frias pelo litoral paulista e pela presença da Zona de Convergência do Atlântico Sul u2013 ZCAS, além da formação de áreas de instabilidade em função da combinação do ar quente e úmido, e que foi responsável pela ocorrência de vários temporais, típicos do verão, causando chuvas fortes, acompanhadas por trovoadas, descargas elétricas, rajadas de vento e as vezes, queda de granizo, em alguns municípios do estado de São Paulo.

A curva da temperatura máxima diária apresentada na figura acima, mostra que em fevereiro as temperaturas máximas superaram à média climatológica do mês (30,7°C) na maioria dos dias e os extremos de temperatura máxima chegaram a 35,0°C no dia 28/02, 34,5°C no dia 23/02 e a 34,4°C no dia 27/02, especialmente na última semana do mês.
 

Elaboração:

Met. Zildene P. O. Emídio

Para mais detalhes acesse: Produtos -> Balanços Mensais